CONHEÇA CÂNDIDO GODÓI (RS), A CIDADE DOS GÊMEOS!

Conheça Cândido Godói (RS), a cidade dos gêmeos!

Cândido Godói é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. A cidade é conhecida como a capital brasileira dos gêmeos univitelinos, pois são registrados pouco mais de 100 pares de gêmeos idênticos em toda a população, proporção considerada notável. O fato intrigante é que dada a incidência geral de gêmeos, que é de 1% da população, Candido Godói sai do padrão com uma incidência de 10%, ou seja, a cada 10 nascimentos, 1 será de gêmeos.

O município, de aproximadamente 6,6 mil habitantes, tem o surpreendente índice de 10% de nascimento de gêmeos, contra o 1% registrado no resto do Brasil.

Foi desvendado  mistério que cerca a cidade Cândido Godói no Rio Grande do Sul, mais conhecida como “A cidade dos gêmeos”. Um estudo feito pelo núcleo de genética da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) chegou a resposta do Fenômeno. A pesquisa foi divulgada jornal americano New York Times.

A terra dos Gêmeos começou a chamar atenção do mundo em 2008, após um jornalista argentino atribuir o “baby boom” de gêmeos a experiências realizadas em 1960 por Josef Mengele, um ciêncista nazista, que esteve na cidade naquela época. Após essa afirmação o mundo começou a busca pela razão de nascerem tantos gêmeos na localidade. Muitos moradores atribuiram o fato a substância presente na água da cidade.

A pesquisa encabeçada pela pesquisadora Úrsula Matte começou em 2009 com a análise de certidões de nascimento de 80 anos atrás. Com isso foi constatado que o fenômeno já exista antes da passagem de Mengele pelo sul do Brasil. Estudos na água da cidade provaram que nenhuma substância atípica estava presente.

A resposta do mistério foi encontrada após a análise do DNA de 30 famílias. Ficou provado que existe um gene específico entre a população de Cândido Godói que aparece mais frequentemente em mães de famílias com gêmeos.

De acordo com a pesquisa, que foi publicada no jornal americano, o fato também se dá pelo alto nível de relações consanguínea entre a população, assim conservando o gene específico que aumenta as chances de nasceram gêmeos. Os cientistas acreditam que um pequeno número de famílias de imigrantes que vivem em São Pedro pode ter trazido o gene variante para a região.

A pesquisadora ainda relatou que os genes em gêmeos de todo mundo não são iguais. “Se analisarmos gêmeos da Nova Zelândia, o resultado provavelmente será diferente.”, disse Úrsula ao New York Times.

Um fato curioso é que houve dificuldade dos pesquisadores em achar famílias da cidade que não registraram filhos gêmeos em sua história para comparar com outras que tiveram. “Com uma pequena população de cerca de 80 famílias, foi um desafio encontrar mulheres que não tiveram gêmeos dentro de uma relação de primeiro grau”, disse a pesquisadora.

Advertisements

About lifenomadik

We are a family of four in search of freedom and adventure.
This entry was posted in Brazil, Dr. Mengele, nazi, twins. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s